dança

A dança contemporânea, juntamente com a marionete, é a linguagem fundamental do meu processo de criação. 

Tomada a composição como encontro das hibridações que constituem meu fazer-pensar,  ela responde ao meu interesse pela pesquisa cinética-matérica e pela composição dramatúrgica  lacunar, alinear e aestésica na produção de sentido. Na dança encontro também a perspectiva política da (co)autoraria, que coloca questões (micro)políticas das relações, juntamente a toda perspectiva política colocada pelo o corpo, lugar privilegiado das disputas de poder. A marionete é a linguagem indissociável da dança em meu trabalho. Ela se coloca como um modo de pensar fundamentalmente o estar juntos, pela escuta - como processo político e metodológico -, donde aparecem questões sobre as relações de poder, sobre as sensações de pertencimento e empoderamento na comunidade. Ela, marionete, conversa com a dança além de política, tecnicamente, quando as materialidades dos corpos, do espaço, do movimento e das relações são tomadas em conta no processo de composição. Porque me interesso pelas materialidades dos elementos de criação e pelos fatores/parâmetros de articulação entre eles, numa perspectiva imanente de composição. Num aparente padoxo, a marionete convoca o delírio, o impossível, o onírico, sem desprega-se de seu diálogo matérico, do plano de imanência. 

Por isso minha investigação se instaura sobre os eixos corpo-matéria-movimento-espaço-imagem, eixos que encontrei eco nos pensamentos do Sistema ViewPoints de composição, Laban de qualidade de movimento e algumas técnicas de Claire Heggen de pesquisa e composição.

As linguagens em que atuo se encontram nesse território comum das relação entre matéria-movimento-composição. Talvez por isso vejo cenicidade/ceneidades nas instalações, vejo dança na linguagem comunicativa do palhaço e na linguagem precisa da marionete, vejo marionete na dança e dança nas instalações.  É um encontro do comum... mais que do diverso, eu encontro um lugar de raiz nesse terreno entre-linguagens.